Curso de Jornalismo

O Curso de Graduação em Jornalismo da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) foi criado no ano de 1969. Seu surgimento se deve à regulamentação legal da profissão e o seu exercício por profissional habilitado em curso de nível superior específico, uma demanda da categoria que por meio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas fizeram gestões nesse sentido à recém criada Universidade do Amazonas (UA). Devido a inexistência de uma unidade acadêmica que abrigasse os cursos da área das Ciências Sociais Aplicadas, o Curso de Jornalismo foi alocado inicialmente na Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras.

O curso tinha a duração de quatro anos, vestibular anual e uma grade curricular ampla, apoiada nas disciplinas das Ciências Humanas, Letras e Filosofia, além de matérias específicas tratando das técnicas e das práticas do jornalismo.  Já no ano seguinte ao ingresso da primeira turma, ocorrido em 1970, acontece a primeira mudança estrutural: passa a denominar-se Curso de Comunicação Social – Habilitação Jornalismo, e é aprovada uma nova grade curricular para atender ao Currículo Mínimo determinado pelo Conselho Nacional de Educação.

Em 2008, deixa de ser habilitação e passa a denominar-se Curso de Jornalismo adotando o atual Projeto Político Pedagógico (PPP). O curso possui quatro anos de duração e marca principal do seu currículo é a flexibilidade e a modernização das práticas pedagógicas. O PPP adota o sistema modular, que pretende que estudantes e professores se envolvam com as atividades teóricas e práticas.